Fernando Santos Marques: “Portugal continua a parecer um barril de pólvora. Pelo que não sei se desta vez tivemos azar ou se temos tido sorte.” Escrevo na noite de segunda-feira, 16 de Outubro, quando ainda arde parte do meu país do pinhal. Quando as contas ainda não estão fechadas e falta o balanço da tragédia […]