Sociedade Torres Novas

Crânio mais antigo de Portugal descoberto em Torres Novas

Fóssil humano tem 400 mil anos. Foi encontrado por uma equipa chefiada por um português.

Um crânio com cerca de 400 mil anos foi encontrado nas grutas de Aroeira, no complexo arqueológico do Almoda em Torres Novas. O caso remonta a 14 de julho de 2014 e foi notícia nacional em vários órgãos de comunicação social, por se tratar do fóssil humano mais antigo alguma vez encontrado em território nacional.

A descoberta foi levada a cabo por uma equipa internacional de arqueólogos, liderada pelo português João Zilhão. Segundo o jornal Público,  o fóssil — denominado de Aroeira 3 — foi retirado num único bloco de sedimentos e levado para um centro de investigação em Espanha, onde os especialistas o conseguiram separar após dois anos de trabalho.

A equipa apresentou conclusões num estudo publicado na edição da semana passada do boletim da Academia Nacional das Ciências dos Estados Unidos.

Na mesma gruta já tinham sido encontrados dentes isolados e datados na mesma altura. A esses foi dado o nome de Aroeira 1 e 2. Junto do crânio e os dentes, foram também encontradas ferramentas da cultura acheulense e ainda ossos queimados, que sugerem um uso controlado do fogo (época do homo erectus).

O Aroeira 3 estará presente numa exposição que abre no mês de Outubro no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa.

Imagem: Público

Tomar TV
Tomar TV
Redação da Tomar TV.
http://www.tomartv.com

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *