Sociedade

Pedrógão Grande: A verdade que ninguém lhe está a contar

A ajuda prometida que nunca chegou, os testemunhos que não foram notícia. Conheça a história destas vítimas esquecidas da tragédia.

O grande incêndio que deflagrou em meados de junho no concelho de Pedrógão Grande custou a vida a pelo menos 64 pessoas, tendo feito ainda centenas de feridos. Foram mais de meio milhar de casas destruídas pelas chamas. As ajudas foram notícia, mas ainda não chegaram a grande parte da população.

A Tomar TV visitou a Coelheira, em Figueiró dos Vinhos, uma das aldeias mais afetadas pelas chamas. Lá, a fonte do sustento da população já idosa foi totalmente consumida pelo fogo. “Precisamos de tudo”, disse uma das habitantes. Esta é a história das vítimas esquecidas de Pedrógão Grande. A verdade que ninguém lhe está a contar.

Tomar TV
Tomar TV
Redação da Tomar TV.
http://www.tomartv.com

9 thoughts on “Pedrógão Grande: A verdade que ninguém lhe está a contar

  1. Dia 29 parto para Portugal, devo chegar dia 1 a Portugal.
    Vou encher o carro de alimentos e vou la distribuir.
    Uma certa senhora me fez chorar, quero ajudar a minha maneira.

    1. lmrijo@hotmail.com
      Contacte-me por mail na vinda!
      Eu dou-lhe o contacto telefonico e levo-o lá, até paraque perceba que ISTO Não é a verdade.
      Até casas recuperadas já há e há ajuda constante.
      Isto não é jornalismo e estes senhores falarão com a Entidade Reguladora da Comunicação!

  2. Resido na Australia. Mas neste momento encontro-me de ferias em Portugal. Está a chegar-me as mãos um cheque de uma festa de angariação de fundos que foi feita num club português, a qual eu sou secretaria para ajudar as pessoas de Pedrogao grande e arredores . Depois de ler isto, alguém me pode dizer a quem vou entregar esse mesmo cheque, tendo a certeza , que vai chegar a quem mais precisa. Para a semana vou pessoalmente a Pedrogao. Será que alguém me pode informar. A quem posso intregar o dinheiro.
    Realmente e uma vergonha. Agradeço resposta com contactos obrigado

    1. Olhe Isabel se ainda nâo entregou,se eu fosse a senhora entregava agora a Maçâo,pois estâo a necesitar mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *