Asseiceira Cultura

Asseiceira Medieval: está de regresso a feira que “já não é só para a terra”

Aldeia de Asseiceira organiza mais uma edição da Feira Medieval, que decorrerá entre 23 e 24 de setembro. Conheça as novidades.

Dizem que não há duas sem três. Por isso, este ano, a aldeia de Asseiceira, uma freguesia do concelho de Tomar, volta a organizar a feira Ceyceyra Medieval, um evento para todos os amantes de feiras medievais, que está a ser organizado pela Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Asseiceira (ACRDA) em conjunto com o Rancho Folclórico “As Lavadeiras” da Asseiceira. O evento decorrerá naquela localidade entre os dias 23 e 24 de setembro.

À Tomar TV, Eugénia Costa, uma das promotoras do evento, contou que “este ano toda a animação é diferente da que houve nas duas edições anteriores”. “Vamos recriar D. Pedro de Alvito, que foi mestre dos Templários. Foi a primeira carta de doação dada à Asseiceira no início do século XIII. Vamos começar mesmo no início da história da Asseiceira”, revelou.

É uma feira que tem sido organizada com esforço por um grupo de habitantes locais e que se realiza desde 2015. “Isto já nem é só para a terra. Neste momento está a ser para o concelho. A Câmara também este ano valorizou um pouco mais o evento”, acrescentou Eugénia Costa.

A tendência é, assim, de crescimento. Este ano, a organização conta com um apoio financeiro da Câmara Municipal de Tomar, no valor de 5.000 euros, como foi dado também à localidade de Paialvo, que organiza anualmente um evento do mesmo género. Um apoio que, para Eugénia Costa, “é importante”.

A Asseiceira está muito envelhecida, está muito fechada”

“Quer queiramos, quer não, a Asseiceira está muito envelhecida, está muito fechada. As pessoas não participam. Somos sempre os mesmos”, desabafou, em conversa com a Tomar TV. No entanto, não deixou de referir esse crescimento que a Feira Medieval da Asseiceira tem registado, com este ano a serem esperados mais visitantes do que nas edições passadas: “Temos ideia de que está a ser mais divulgado. No ano passado tivemos uma grande afluência. Agora estamos a contar com mais.”

Sobre a festa propriamente dita, Eugénia Costa revelou que “as pessoas que vierem vão ter um acampamento sarraceno e vão poder ver lutas medievais e animação de rua” pela aldeia. “Vamos ter também um espaço para crianças que terá jogos e onde serão contadas histórias. Temos uma equipa que vai estar encarregue dessa animação e vai ficar junto à sede dos escuteiros”, explicou.

A Ceyceyra Medieval abre no dia 23 de setembro às 14h00. “No domingo abre às 11h00. O encerramento no sábado é até haver pessoal e, no domingo, encerra às 23h00. Os pontos altos são os cortejos no sábado às 21h30 e no domingo às 16h30. E vai haver animação durante todo o dia no palco principal, em frente à igreja”, detalhou a promotora.

Eugénia Costa concluiu, sublinhando que, quando este conceito foi pensado em 2015, nunca foi pensado que teria a dimensão que tem hoje. “Quando foi pensada, quando foi idealizada, foi a pensar na terra. Quando pensámos nisto foi para dar um bocadinho de movimento à localidade. Nunca tivemos a ideia de que isto viesse a ter esta dimensão”, disse. No entanto, a feira “tem corrido bem” e deverá prevalecer. 

Flávio Nunes
Flávio Nunes
Jornalista, diretor-geral e co-fundador da Tomar TV.
http://tomartv.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *